Cerimônia oficial para entrega do prêmio nas oito categorias será dia 15 de dezembro

Há 17 anos a Fundação Biblioteca Nacional / MinC vem premiando os melhores escritores e trabalhos literários do país. Em 2011, entre os escolhidos uma grata surpresa que a literatura e o destino nos prega de vez em quando: o teólogo pernambucano, Daniel Lima, de 95 anos. Ele guardava seus poemas na gaveta, sem nunca imaginar o valor que eles tinham.  Um dia uma de suas alunas descobriu essas raridades e levou, sem ele saber, para uma avaliação editorial. Resultado dessa “travessura” da aluna? A obra Poemas (Companhia Editora de Pernambuco), que só foi revelada ao seu autor no dia do seu lançamento.

Alberto Mussa, Sérgio Sant’Anna , Charles Kiefer, Marisa Midore Deaecto, Luís Carlos Cabral, Gabriela Castro e Nelson Cruz, são os outros vencedores nas oito categorias do prêmio, que seguem abaixo com  o nome das obras e também os segundos e terceiros colocados em cada uma delas. Os autores recebem seus prêmios no dia 15 de dezembro, quinta-feira, no Auditório Machado de Assis, na Biblioteca Nacional do Brasil, no Rio de Janeiro, às 19h. Os primeiros lugares ganham um certificado e R$ 12,5 mil.

Os Prêmios Literários da Fundação Biblioteca Nacional, criados com o objetivo de estimular a pesquisa e a criação literária no país, concedem anualmente uma premiação a autores, tradutores, e designers eleitos por uma comissão julgadora composta por três profissionais renomados em cada área de premiação.

A premiação foi instituída em 1995, com exceção da categoria Literatura Infantil e Juvenil, criada em 2007, por ocasião da comemoração dos quinze anos do Programa Nacional de Incentivo à Leitura, o Proler.

 

Os vencedores são:

1. Prêmio Alphonsus de Guimaraens / Categoria: Poesia

1° lugar : Daniel Lima, com a obra Poemas (Companhia Editora de Pernambuco)

2º lugar: Marcos Vinicius Quiroga, com a obra Gullar Gullar (Editora Clara Comunicação)

3º lugar : Cláudia Schroeder, com a obra Leia-me toda (Editora Dublinense)

2. Prêmio Machado de Assis / Categoria: Romance

1° lugar : Alberto Mussa, com a obra O senhor do lado esquerdo (Editora Record).

2º lugar : Moacyr Scliar, com a obra Eu vos abraço, milhões (Editora Companhia das Letras)

3º lugar : Rubens Figueiredo,com a obra O passageiro do fim do dia (Editora Companhia das Letras)

3. Prêmio Clarice Lispector / Categoria: Conto

1° lugar : Sérgio Sant’Anna, com a obra O livro de Praga – Narrativas de amor e arte (Editora Companhia das Letras)

2º lugar: Alessandro Garcia, com a obra A sordidez das pequenas coisas (Não Editora)

3º lugar: João Anzanello Carrascoza, com a obra A vida naquela hora (Editora Scipione)

4. Prêmio Mário de Andrade / Categoria: Ensaio Literário

1° lugar : Charles Kiefer, com a obra A poética do conto – De Poe a Borges: um passeio pelo gênero (Editora Leya)

2º lugar: Rita Rios, com a obra Poemas e pedras: A relação entre a escultura e a poesia partindo de Rodin e Rilke (Editora da Universidade de São Paulo – Edusp)

3º lugar: Ricardo Souza de Carvalho, com a obra A Espanha de João Cabral e Murilo Mendes (Editora 34)

5. Prêmio Sérgio Buarque de Holanda / Categoria: Ensaio Social

1° lugar: Marisa Midore Deaecto, com a obra O império dos livros: instituições e práticas de leitura na São Paulo oitocentista (Editora da Universidade de São Paulo – Edusp)

2º lugar: Ronaldo Vainfas, com a obra Jerusalém Colonial – Judeus portugueses no Brasil Holandês (Editora Civilização Brasileira)

3º lugar: Vera Lúcia Bogéa Borges com a obra A batalha eleitoral de 1910 – Imprensa e cultura política na Primeira República (Editora Apicuri/Faperj)

6. Prêmio Paulo Rónai / Categoria: Tradução

1° lugar: Luís Carlos Cabral,com a obra Malá Strana: vestígios de Praga, de Jan Neruda(Editora Record)

2º lugar:André Vallias com a obra Heyne, hein? Poeta dos contrários, antologia poética de Heinrich Heine(Editora Perspectiva)

3º lugar:Sergio Tellaroli com a obra Jakob von Gunten – Um diário, de Robert Walser (Editora Companhia das Letras)

7. Prêmio Aloísio Magalhães / Categoria: Projeto Gráfico

1° lugar: Gabriela Castro,com a obra Apreensões, de Bob Wolfenson(Editora Cosac Naify)

2º lugar: Elaine Ramos,com a obra Museu do romance da eterna, de Macedonio Fernández(Editora Cosac Naify)

3º lugar: Jonathan Shiguehara Yamakami, com a obra Eu vi um pavão, autoria desconhecida(Editora Scipione)

8. Prêmio Glória Pondé / Categoria: Literatura Infantil e Juvenil

1° lugar : Nelson Cruz, com a obra Alice no telhado (Editora Comboio de Corda)

2º lugar: Manu Maltez, com a obra Meu tio lobisomem (Editora Peirópolis)

3º lugar: Luís Dill, com a obra O estalo (Editora Positivo)

.

Premiação:

Dia 15 de dezembro, às 19h.

Auditório Machado de Assis, Biblioteca Nacional (Rua México, s/ nº – Centro – Rio de Janeiro-RJ – Entrada pelos jardins )

Entrada franca.

Share this on Orkut!
Blog Widget by LinkWithin

Deixe uma resposta

Twitter Users
Enter your personal information in the form or sign in with your Twitter account by clicking the button below.