O Globo – 26/06/2010 – Por Miguel Conde
Mais conhecido crítico literário de seu país, e uma das principais atrações da próxima Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), o inglês Terry Eagleton é um acadêmico célebre pela habilidade com que explica e (muitas vezes) ironiza os argumentos mais complexos dos principais pensadores contemporâneos. Seu livro mais popular, Teoria literária: uma introdução (Martins Martins Fontes, esgotado), é um best-seller internacional com mais de um milhão de exemplares vendidos desde a publicação, em 1983. Em Paraty, no entanto, Eagleton fará uma palestra sobre uma figura de interesse um tanto mais amplo do que o pós-estruturalismo francês ou a teoria da recepção alemã: Deus. Aos 67 anos, Eagleton mantém-se um marxista irremitente, mas em seus últimos textos o materialismo histórico tem se feito acompanhar por um inesperado retorno às preocupações religiosas de sua juventude, quando ele chegou a participar da fundação da importante revista católica de esquerda Slant. Famoso também pela verve de polemista, ele se tornou nos últimos anos um opositor convicto do ateísmo militante que se espalhou pelos EUA e pela Europa em reação ao islamismo radical e à pregação anticientífica da direita religiosa americana. Sua defesa da religião, porém, nada tem da retórica vociferante dos líderes terroristas ou dos televangelistas a la Pat Robertson. O ataque ao que ele chama de neoateísmo foi estendido em 2009 no livro Reason, faith and revolution, ainda sem previsão de lançamento no Brasil.

Sinopse
Reason, Faith, and Revolution aims to cause a stir among scientists, theologians, people of faith and people of no faith, as well as general readers to understand the God Debate. On the one hand, Eagleton tries to demolish what he calls the ‘superstitious’ view of God held by most atheists and agnostics and offers in its place an account of the Christian Gospel. On the other hand, he tries to launch an assault on the betrayal of this revolution by institutional Christianity.

Blog Widget by LinkWithin

Deixe uma resposta

Twitter Users
Enter your personal information in the form or sign in with your Twitter account by clicking the button below.